quarta-feira, 31 de maio de 2017

Vazio perdido





Esse coração que bate dentro do meu peito
Anda chorando muito de saudade de você.
Todo esse silêncio mata minha razão de ser
Nesse vazio perdido do meu leito.

Finjo que não é eterna minha realidade
De viver assim, tão só, sozinho neste mundo.
Todo sonho que sonhei era minha verdade.
Não imaginei que um adeus fosse tão profundo.

Sofro tão amargurado dentro de mim mesmo.
Sei que não posso mais te encontrar...
O meu desassossego é viver a esmo.

Esse coração que amou e foi tão amado
Vive como um vegetal sem poder te amar.
Morro todo dia, por eu ser assim, tão apaixonado.


Prof. Osmar Fernandes

Em 25/05/2017
Código do texto: T6008837

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado, pela visita, volte sempre! Deixe seu comentário.